Dr. André Luiz Reis Fisioterapia - Osteopatia CREFITO 3/123447 - F

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS

OSTEOPATIA
Clique e Saiba Mais
A Osteopatia é um método de manipulação das disfunções do sistema músculo-esquelético (sistema que envolve os músculos, ossos e articulações) para o alívio de dor e restrição de movimento, em problemas como artrose, hérnia de disco, tendinites, bursites, entre outras.

A Osteopatia aborda o indivíduo de maneira global ao invés de uma região corporal específica. Sua visão integrada do organismo, permite relacionar os vários sistemas e potencializar os resultados. Por exemplo, uma lesão no pé pode afetar também o joelho, o quadril e a coluna. Outra situação seria uma cicatriz cesariana afetar o bom funcionamento intestinal ou gerar dor lombar.

No Brasil, a Osteopatia é uma especialidade da Fisioterapia, reconhecida pelo COFFITO (Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional). O fisioterapeuta avalia a pessoa como um todo, não só o local da dor e, através das mãos, com aplicações de técnicas criteriosas de manipulações da coluna, articulações, músculos, nervos, entre outras estruturas, busca liberar os desequilíbrios do corpo, diferenciando-se assim de técnicas convencionais.

Os princípios da Osteopatia são baseados em conhecimentos profundos de anatomia, fisiologia e biomecânica humana, fundamentados na prática clínica e na pesquisa científica. Proporciona ao organismo um estado de equilíbrio e harmonia, para o restabelecimento e manutenção da boa saúde e bem estar do indivíduo.

Sem contra-indicações, a Osteopatia pode ajudar desde crianças até idosos e gestantes a manter ou buscar a saúde, sendo também muito eficaz para os esportistas.

Em nosso dia a dia estamos sujeitos a sobrecargas físicas (má postura, movimentos repetitivos, micro-traumatismos, etc.), emocionais e nutricionais, fato que pode, em maior ou menor grau, comprometer o bom funcionamento dos sistemas corporais. Desta forma, o trabalho preventivo através da Osteopatia é bem recomendado.

A Osteopatia através manipulações específicas estimula a capacidade do organismo de se recuperar frente às sobrecargas sofridas, sendo uma poderosa arma na esfera da prevenção e manutenção da boa saúde, diminuindo a possibilidade de dores e incapacidade durante a realização das atividades de vida diária.

• Dor na coluna aguda ou crônica;
• Hérnia de disco;
• Lombalgia;
• Dor ciática;
• Cervicalgia ou Cervicobraquialgia;
• Torcicolo e dor muscular;
• Dor de cabeça (cefaléias e enxaquecas);
• Dor na articulação da mandíbula (DTM);
• Neuralgias ou nevralgias;
• Dores articulares das extremidades superiores (ombro, cotovelo, punho e mão);
• Dores articulares das extremidades inferiores (quadril, joelho, tornozelo e pé);
• Tendinites e bursites;
• Tensões relacionadas ao trabalho (LER/DORT);
• Esporão do calcâneo e fascite plantar;
• Entorse e traumatismo;
• Lesões esportivas;
E muitas outras condições.

HISTÓRIA DA OSTEOPATIA
Saiba Mais sobre a Osteopatia
A Osteopatia foi criada pelo médico norte americano Dr. Andrew Taylor Still, em 1874. Após perder três de seus filhos por consequência de meningite, Dr. Still ficou desiludido com as práticas médicas tradicionais de sua época. Ele fundou a Osteopatia para uma reforma na medicina, mas quando encontrou hostilidade, desenvolveu-a como um sistema independente.

Através de pesquisas e observações clínicas, Dr. Still identificou o sistema músculo-esquelético como um elemento chave da saúde-doença e concluiu que o organismo de cada indivíduo, se estimulado adequadamente através de técnicas manuais, apresenta todos os elementos necessários para a manutenção da boa saúde.

Dr. Still foi um visionário ao propor em sua época a idéia de medicina preventiva e defender a filosofia de que os médicos deveriam se focar no tratamento do paciente como um todo, ao invés de focar apenas na doença. Ele andou por seu país clinicando, e fez fama por ser um médico que não utilizava de remédio e tratava com suas mãos as mais variedades enfermidades.

Em 1885, o método utilizado é nomeado oficialmente de Osteopatia e, no ano de 1892, foi fundado o The American School of Osteopathy, em Kirksville – Missouri, Estados Unidos, instituição de renome que existe até hoje.

Seus alunos foram responsáveis pela difusão da Osteopatia no mundo e, ao longo dos anos, se desenvolveu como ciência. Extremamente respeitada, recebe, inclusive, a recomendação da OMS (Organização Mundial da Saúde) como prática para manutenção e recuperação da saúde.
ATENDIMENTO
Saiba Mais sobre o Atendimento
O atendimento não é realizado diariamente, segue o formato de sessões espaçadas para que o organismo assimile por completo os estímulos dados. À medida que a queixa diminui, as sessões ficam cada vez mais distantes, até a completa alta do indivíduo.

O atendimento leva em média 50 minutos. O fisioterapeuta avalia a pessoa como um todo, não só o local da dor e, através das mãos, com aplicações de técnicas criteriosas de manipulações da coluna, articulações, músculos, nervos, dentre outras estruturas, busca liberar os desequilíbrios do corpo, diferenciando-se assim de técnicas convencionais.

Você pode marcar um atendimento e tirar suas dúvidas através do site, telefone ou WhatsApp, disponível no item Contato.
FORMAÇÃO
Saiba Mais sobre Nós

Dr. André Luiz Reis – Fisioterapeuta – CREFITO 3⁄123447-F

• Pós-graduando em Osteopatia pela Escuela de Osteopatia de Madrid, 2014 - 2018;
• Formação em Conceito Mulligan pelo Instituto Mulligan, 2012;
• Formação em Terapia Manual Osteopática (TMO) pelo Instituto de Osteopatia Camillo, 2011;
• Especialização em Reabilitação Cardíaca pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), 2010;
• Fisioterapeuta pela Universidade Presidente Antônio Carlos, 2007.
PARCEIROS
Conheça Nossos Parceiros
CONTATO
Entre Em Contato
Rua Coronel Ernesto de Oliveira 175,
Centro, São João da Boa Vista -SP
Estacionamento próprio pela rua Bernadino de Campos 196,
centro, São joão da Boa Vista - SP
Telefone: (19) 3633-4842
WhatsApp: (19) 9.8802-8841